Qual é a diferença entre Operações de DOC e TED?

Qual é a diferença entre Operações de DOC e TED?

Com o uso cada vez maior dos Smartphones para realizar nossas transações bancárias do dia-a-dia, perdemos o contato com as agências de banco, que num futuro próximo provavelmente serão aposentadas ou mudarão sua forma de atendimento, e por isso algumas dúvidas simples acabam aparecendo, como esta do artigo.

DOC e TED em resumo são operações de transferência de valores entre contas corrente de agências diferentes e o que difere uma da outra são os prazos e o valor cobrado pelo serviço.

Confira como funcionam as operações:

DOC

DOC (Documento de Crédito) é uma transferência bancária limitada a R$ 4.999,99. Só pode ser feita por instituições autorizadas pelo Banco Central. O valor é creditado na conta do beneficiado no dia útil seguinte, para transações feitas até as 21h59. Após esse horário, o dinheiro será transferido no segundo dia útil. Isso implica que se você fizer um DOC na sexta feira a noite ele só será creditado na conta na terça-feira. Mas se você agendar às 21h de sexta ele estará disponível para o destinatário na segunda feira. Tenha consciência que só depois de confirmada é que o prazo de crédito começará a valer.

TED

A Transferência Eletrônica Disponível (TED) foi criada pelo Banco Central em 2002. Antes havia limite mínimo de transferência, e o usuário pode enviar qualquer valor. O valor é creditado na conta do beneficiário poucos minutos após a sua autorização, desde que feita até as 17h do mesmo dia. Se você agendar um TED depois desse horário, o valor só aparecerá na conta do beneficiado no início do dia seguinte.

Para se realizar essas operações é necessário o CPF ou CNPJ do destinatário (além da Instituição Bancária, tipo e número da conta) e se você errar o número da conta corrente, poupança ou o documento da pessoa ou empresa que vai receber o valor o dinheiro volta para sua conta no dia seguinte pois o dinheiro envolvido em DOC ou TED nunca se perde.

Taxas

O Banco Central deixou livre para cada banco calcular o valor das transações, inclusive alguns bancos incluem esse tipo de transação no pacote adquirido pelo cliente. Em relação as taxas a dica é sempre fazer as operações ou por meio de caixas eletrônicos ou internet Banking, pois assim elas são mais baratas que se forem feitas de forma presencial (a famosa “boca do caixa”).

Para finalizar, podemos resumir a diferença básica entre os dois: use o TED se quiser que o dinheiro seja transferido na hora, mas a velocidade da transação normalmente custa um pouco mais, se o fator tempo não for prioridade, o DOC sairá mais em conta (isso não é regra, pois alguns bancos como já citei, incluem as duas transações nos pacotes básicos do cliente e outros cobram o mesmo valor para as duas operações).

Artigo originalmente postado no portal Homem Expresso

Roberto Gleydson
Homem. Desenhista, técnico em informática, webdesign, Webmaster, programador e aventureiro nas horas vagas.
Notícias Relacionadas
Deixe uma resposta.