Comportamento

Enfrente seus problemas, eles te engrandecem

Mude a percepção do papel dos problemas em sua vida

Um palestrante chamado Anthony Robbins em uma de suas apresentações afirmou que:

O grande problema da humanidade e acreditar que não deveriam ter problemas

Analisando essa frase, cheguei a conclusão que o que ele quis dizer que grande parte das pessoas, principalmente as que vivem na filosofia de que a vida tem que ser feliz 100% do tempo, encaram os problemas da vida como algo negativo a ser evitado ao máximo, ou quando são inevitáveis apelam até mesmo para o álcool, drogas e comportamentos auto destrutivos para artificialmente esquecerem deles, mesmo que momentaneamente.

Essa é uma percepção muito errada, pois os  problemas são a melhor oportunidade de crescimento e desenvolvimento que uma pessoa pode receber, afinal são eles que nos fazem sair da nossa zona de conforto e ir em busca de uma solução.

Quanto maior o problema que você enfrenta, maior o potencial que descobrirá existir dentro de você para enfrentá-lo. 

Pegue qualquer filme, livro ou conto de herói. Do homem mais poderoso do universo como o Superman até a personagem mais frágil como a Bela do romance A Bela e a Fera da Disney, o que todos eles têm em comum?

Desenho "A Bela e a Fera" da Disney (1997)
Desenho “A Bela e a Fera” da Disney (1997)

Sim… Eles Tiveram que sair de sua zona de conforto para resolver um problema apresentado a eles, mesmo que para isso tivessem que modificar suas vidas.

Problemas: mudanças + saída da zona de conforto = Desenvolvimento pessoal

Vamos passar a você: reflita sobre os problemas que já enfrentou.

Os que superou. Lembre-se da sensação. Com certeza foi magnífico. Imagine se não tivessem tido esse episódio, provavelmente não seria nem uma fração da pessoa que é hoje.

Agora pense nos problemas não conseguiu superar. Por mais frustrante e doloroso que é, tenha certeza que eles te fizeram uma pessoa mais forte, serviram de lição, lhe fizeram enxergar como aproveitar a vida ao máximo possível com gratidão e finalmente lhe forçaram a encontrar uma forma de contorná-los para seguir em frente.

Durante o desastre nuclear em Chernobyl, pessoas de todo o país tiveram que sair de sua zona de conforto para juntos encarar um dos maiores problemas já enfrentados pela humanidade.
Durante o desastre nuclear em Chernobyl, pessoas de todo o país tiveram que sair de sua zona de conforto para juntos encarar um dos maiores problemas já enfrentados pela humanidade.

De tudo o que foi dito, o que desejo a você é que mude a sua percepção do papel dos problemas em sua vida e agradeça a oportunidade de desenvolvimento que eles estão trazendo a você, mesmo que sejam aparentemente impossíveis de se solucionar ou que essa resolução ainda venha mas em longo prazo. Nunca desista e nem tente passar essa responsabilidade para outras pessoas.

Uma última coisa: cuidado com o vitimismo e as desculpas em relação aos problemas que você encara.

  • Você não tem o mesmo problema que eu
  • O meu problema é mil vezes maior que o seu
  • Você tem tempo, família para te ajudar, sorte, dinheiro, etc e eu não

Todas as frases acima e quaisquer outras que vierem a sua mente são verdadeiras, mas não vão resolver e nem ajudar em seus problemas.

Mesmo quando o problema não tem solução, você tem a capacidade de contorná-lo
Mesmo quando o problema não tem solução, você tem a capacidade de contorná-lo

Essas desculpas não ajudam em nada, apenas vão te fazer se vitimizar, sentir autopiedade e te congelar diante de qualquer ação que possa ter para avançar em uma resolução, pelo contrário, a autopiedade te arrasta de volta a zona de conforto.

Resumindo: encare seus problemas de uma forma diferente. Pense neles como uma oportunidade de se desenvolver, um desafio excitante e que faz você se sentir vivo(a). Evite ao máximo a autopiedade e tentar se comparar com as outras pessoas, pois ninguém sabe o que cada um de nós enfrenta e como a coisa impacta a nossa vida.


Inspiração para o Conhecimento:  Livro How to Solve It de George Pólya
Imagens:

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: